Creative Commons

Licença Creative Commons
A obra Pesquisas de Ronaldo Filho de Ronaldo Filho foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em psconhecimento1988.blogspot.com.

sexta-feira, 18 de março de 2011

Outros Terremotos da História da Humanidade

Reações: 
Fazendo uma pesquisa sobre tremores de terra, sismos, tsunamis, na internet, achei alguns links no Wikipédia sobre os sismos mais violentos da história. Foram vários, mas aqui selecionei alguns e montei um resumo com fotos para conhecimento.
Nós todos já sabemos que sismos, os terremotos, são fenômenos de vibração brusca na Terra, na maioria das vezes, causados pelo choque entre as placas tectônicas. Há o sismo provocado por assentamento de terra, ou 'acomodação' de terra; sismos provocados por gases, principalmente metano.

-*-
Lembro-me que tive aulas sobre mecânica dos solos e meu professor disse sobre os sismo de baixa intensidade, sobre eles estarem ligados ao fato da terra se 'acomodar'. Uma suposição para isso foi de que a causa também poderia ser de sucos provocados por rios subterrâneos, uma vez que a água causa uma certa degradação (erosão) ao solo em que ela está passando, gerando um espaço entre o rio e o leito rochoso ou não. Mas isso era só teoria.
-*-

Vamos ao que interessa!


CHINA
Um dos sismos que me chamou a atenção foi o Sismo de Shaanxi, de 1556, na China. Ele provocou a morte de cerca de 830.000 pessoas! Naquela época as pessoas moravam em cavernas artificiais. Obviamente pela data, não se tem mais informações sobre a tragédia. Neste site indicado pelo Wiki você acompanha os terremotos ocorridos ao longo da história da China.

-*-

EUA
A falha de San Andreas, ou Santo André, situada na Califórnia, marca limite entre a Placa do Pacífico e a Placa Norte-Americana. A mesma falha, passa por São Francisco, e em 1906 houve um terremoto de 8.0 na Escala de Richter, que durou pouco mais de 25 segundos. Este deixou cerca de 3000 mortos - tanto no abalo quanto nos acidentes provocados pelo tremor, como incêndios - 225.000 pessoas desabrigadas.

São Francisco
Um geólogo reportou que o tremor ocorreu próximo da camada do oceano, sendo assim intensificando o terremoto. Muitos abrigos foram feitos e acomodaram cerca de 20mil pessoas. Mas o que provocou maior destruição, foram os incêndios, como visto abaixo.
São Francisco
Abaixo, duas panorâmicas. Clique para ampliar!

São Francisco
O Grande Incêndio de São Francisco

-*-
Penso que os tremores nem matam tanto as pessoas. O que realmente mata são os eventos posteriores, como aconteceu na sexta-feira, dia 11 de março de 2011, no Japão. O tremor ocasionou a tsunami, devastando tudo. Porém, o que chama a atenção hoje é a Usina Nuclear de Fukushima e a radioatividade. Ou seja, o 'fator terremoto' está sendo deixado de lado, parcial ou totalmente.
-*-

CHILE
Em 1960, um violento tremor de terra de incríveis 9.5 graus na Escala de Magnitude de Momento (essa é uma escala diferente, que faz a medida da energia liberada pelo tremor , foi registrado como o maior da história da Humanidade. Ocorreu no Chile, entre as cidades de Valdivia e Concepción. Foi tão estranho esse tremor que nem se sabe ao certo o número de vítimas e/ou prejuízos. Sabe-se que quase mil pessoas morreram por eventos secundários, entrando no assunto de mortes causadas por eventos posteriores. Veja a foto abaixo:
Chile, 1960

-*-
Há pouco conversava com minha mãe sobre os atos falhos do homem. Realmente, quando um desastre deste tipo ocorre, pessoas morrem devido às construções humanas, óbvio! Lembramos dos deslizamentos de terra no Rio De Janeiro algum tempo atrás. Com tanta chuva, a terra cedeu e veio tudo abaixo, levando casas, pessoas... enfim. Se não houvesse população nas áreas de risco, talvez não houvesse deslizamentos. Apenas opiniões nossas.
-*-

HAITI
Dos tremores de terras recentes, o tremor no Haiti mobilizou muitas organizações e até o exército brasileiro. O terremoto aconteceu a dez quilômetros de profundidade, o que tornou-o devastador para o país, matando mais de 315mil pessoa e deixando mais de 1,5 milhão de flagelados. Além do Haiti, Cuba, jamaica, Bahamas e a República Dominicana sofreram com o terremoto de 7.0 graus na Escala de Richter.

Haiti

-*-
CHILE
No Chile, o tremor de 8.8 durou cerca de três minutos, que foi sentido em algumas cidades da Argentina e do Peru. Pelos menos 795 mortes foram confirmadas.

Chile
-*-


JAPÃO
Quanto ao tremor no Japão, de 8.9, deixou mais de 3mil mortos e milhares de desaparecidos. O sismo provocou um tsunami com ondas de 4 metros, deixando alguns países em alerta (Nova Zelândia, Austrália, Rússia, Guam, Filipinas, Indonésia, Papua-Nova Guiné, Nauru, Havai e Marianas Setentrionais, Estados Unidos, Taiwan, Equador e Chile). Depois das centenas sismos após o de 8.9, e a tsunami, problemas ocorridos na Usina Nuclear de Fukushima levaram os sistemas de refrigeração a uma falha. A eletricidade foi interrompida, e como o sistema de refrigeração funciona à base de energia elétrica, os bastões de combustível começaram a se aquecer. Alguns helicópteros utilizaram água do mar para tentar diminuir a temperatura dos reatores.

Japão

Gráfico de medição de ondas no tremor de 8.9 graus no Japão, 11 de março de 2011

Usina Nuclear de Fukushima





Acompanho o site Painel Global, um site fascinante que monitora temperaturas, sismos, furacões, ciclones, tudo relativo à meteorologia, bem como os tremores. Notei que depois deste grande tremor no Japão, um outro de menor intensidade ocorreu na Melanésia e as terras do Chile voltaram a se abalar em uma intensidade bem mais fraca. Outra pesquisa sobre a Escala de Richter me mostrou a frequência com que os sismos ocorrem.

Assim como o VEI (Volcanic Explosivity Index, ou Índice de Explosividade Vulcânica), existe uma escala que diz a magnitude no sismo e em quanto tempo aquele tipo de sismo ocorre. O sismo no Japão, em alguns sites classificados como 9.0 graus, se encaixa como sendo um sismo Importante ou Excepcional, com frequência de um por ano ou um a cada vinte.

Escala de Richter

por Ronaldo Filho
Fonte de pesquisa: Wikipedia
Visitem os sites Apolo11Painel Global!

5 comentários:

  1. que pesquisa magnífica, parabens

    ResponderExcluir
  2. o grafico eh impressionante, da medo..

    ResponderExcluir
  3. Ronaldo, bom dia,

    também acompanho o PG, porém, não participo nas conversas. O meu entendimento das coisas, como disse o administrador uma vez, já está poluído com religião, dúvidas.

    Mas isso não me impede de respeitar a opinião dos outros, nem cabe a mim convencer, nem contender.

    Também venho aos seus blogs, acompanho suas fotos (que admiro, algumas lindas), e também gostei muito da sua pesquisa neste post, legal.

    Tenho dúvidas quanto o aumento de terremotos, mas justamente quando procuro, por ex. em sites especializados como o PG, USGS e outros confiáveis, está que não há aumento dos tremores, que isso sempre aconteceu, que agora a informação é maior (há mais aparelhos), as pessoas se interessam mais... , mas não é bem assim, a maioria que não estava nem aí, também começou a notar que alguma coisa mudou e dizem que não.

    Como você entende mais do que eu, gostaria da sua opinião sobre esse vídeo que está falando do aumento dos tremores maiores:
    http://www.youtube.com/watch?v=FL5yQeYnGEs&feature=player_embedded

    Vamos colocar à parte qualquer opinião que eu tenha quanto ao momento em que estamos vivendo, analise, se puder, somente no seu conhecimento científico.

    Agradeço a atenção e os artigos, valeu.

    ResponderExcluir
  4. RONALDO PARABENS, wAGNER

    ResponderExcluir
  5. Olá Ronaldo, mto bom esse post.

    ResponderExcluir

Visitantes pelo Mundo

Visitantes

free counters

Apollo 11